quarta-feira, 21 de junho de 2017

Sobrinha Bem Safadinha

S

Olá a todos,
Já escrevi algumas aventuras minhas com minha cunhada, que ainda estou dando um trato na falta do corninho.
Mas o que me aconteceu no domingo me deixou maluco, minha esposa tem uma sobrinha filha de outra irmã dela, não a que transo, que tem 22 anos morena, seios grandes e a bunda media e uma xaninha toda estufadinha.
A moça estava desempregada e eu como tenho boas amizades falei que queria um curriculum dela para arrumar um emprego para ela, sem segundas intenções.
É claro rsrsrs. Ai eu consegui um emprego para ela no escritório de um mine mercado, ela ficou muito feliz.
Ai no domingo estávamos na casa da minha sogra, em um almoço de família quando ficamos a sós ela me perguntou como poderia me pagar o favor de eu ter arrumado o emprego para ela, eu sem malicia disse não ser preciso.
Ela disse que fazia questão de me fazer um mimo. Ai ela me pegou de surpresa.
Estávamos em um local meio reservado ai ela pegou em minha mão e levantou até seus seios que estava coberto apenas por uma blusa de tecido bem fino. Sentir seus seios durinhos com os bicos tesos me deixou com um tesão imenso a minha vontade foi de cair de boca e mamar bem gostoso.
Mas fui pego de surpresa fiquei só olhando.
Ai eu disse assim você me mata tesuda!
 Foi ai que ela disse que já tinha notado que há muito tempo como eu a comia com os olhos,
Tentei desconversar, mas ela não se deu por vencida falou.
Eu quero te matar mas é de prazer.
 Ela que não é boba e claro que já tinha percebido as várias vezes que eu sempre a olhava sem deixar de contar as encochadas que eu sempre provocava para acontecer.
Ai ela disse se eu estava afim de dá uns amassos nela, pois estava carente pois tinha terminado com o namorado. Dei uma apertada no meu cacete ela olhou viu que estava bem teso. Ai me aproximei ela sentiu o cacete vibrando eu falei que jeito poderíamos dá?
Ela sorriu e falou vou sair daqui logo você vem atrás vou lá para casa da vizinha que estou com a chave que ela viajou, e pediu para dormi lá.
-Ah que maravilha exclamei.
-Ela sorriu e disse para ser maravilhoso depende de você e com força segurou meu cacete e me beijou, um beijo bem rápido.
-E sorrindo disse não passe da vez!
Apertei seus seios e passei a mão na xoxota dela.
Delicia de peitos fiquei louco de tesão.
Ai disfarcei minha ereção cumprimentei as pessoas e já ia saindo.
Vi quando ela foi para o banheiro.
Ai sai e fiquei dentro do carro esperando ela sair de dentro de casa.
Poucos minutos vejo ela sair e entrar em uma casa bem perto da dela e mais distante da minha.
Peguei o carro dei uma volta no quarteirão e voltei e estacionei bem em frente à minha casa. Sai andando disfarçando procurando não ser visto.
Quando estava em frente à casa da vizinha dei uma escapada e entrei, ela fechou portão.
Ficamos nos beijando ali mesmo na garagem.
Que boca gostosa, os seios com os bicos arrepiados.
Um tesão de mulher ai ela tirou a blusa deixando os seios de fora.
Nem pensei em esperar mais ali mesmo eu cair de boca apertava um mamava outro e ia alternando a safadeza.
Ai que boca gostosa meu cunhadinho. Será que sabe derreter uma mulher com esta boca?
Ah safada se encostou na parede eu fui descendo com a boca pelos seios barriga levantei a saia e dou de cara com uma xoxota lisa, com marquinha de biquíni.
Não esperei mais cai de boca chupando sua xoxota com muita gulodice.
 Ai logo ela me ofertou um delicioso e abundante mel.
Suguei até a última gota. Ai em instantes abaixei a bermuda e dei meu pau para ela chupar, coisa que fez com intensa maestria. Chupava e lambia a cabeça depois descia até os bulhões deixando-me todo molhado de saliva uma delícia.
Ai fomos até um sofá que tinha na sala, fiz ela deitar e fui por cima em um 69 sensacional.
O trato estava bom demais eu metia a língua com muita vontade chupando a bucetinha dela. Foi ai que a safada não aguentou segurou minha cabeça entre as pernas me deixando louco de tesão e gozou novamente agora gemia feito uma louca enchendo a minha boca, eu nunca tinha chupado uma buceta como eu fiz com ela. Parecia que não ia parar mais de gozar. Ai esperei alguns minutos ela ainda com respiração ofegante me deitei no sofá e a puxei em minha direção. Meu cacete em riste vibrando melando de tesão ai pedi para ela sentar em mim queria ser cavalgando sentir seus peitos tesos apertar e mamar com muita vontade.
Enquanto ela cavalgava em cima os peitos balançavam eu os apertava até ela gemer forte ai comecei a escorregar a mão segurando sua bunda e logo meu dedo escapava e terminava alisando seu cuzinho, que piscava. Ela sabia o que eu queria né?
Então continuamos a foder bem gostoso até que eu mudei de posição e fizemos uma espanhola,meu cacete entre seus seios escorregava a metida era forte até que explodi em um gozo que caiu na direção da boca dela. A safada abriu a boca e bebeu alguns jatos de leite.Ai ficamos atracados melados e lambuzados ainda com o cacete meia bomba fomos tomar um banho ,apesar de não está em sua casa a putinha tinha preparado tinha tolhas de banho camisinha e óleo lubrificante. Mal intencionada mesmo a safada queria era fuder mesmo. No banheiro ainda tomando banho ela me pagou um boquete,delicia de boqueteira sabia mesmo mamar. Eu nunca jamais tinha sido mamado como ela me mamou me deixou gamado no boquete dela.
Quando ele viu que meu cacete estava bem teso, eu a levantei e foi minha vez de cair de boca de novo em sua bucetinha. Terminamos o banho e voltamos para o sofá ai continuei chupando a bucetinha dela e seu rabito. Ela estremecia se arrepiava, gemia ai eu deixei ela de 4 levantei enfiei meu cacete em sua buceta quente e meladinha dei umas 3 estocodas com ritmo cadenciado ai tirei botei uma camisinha, lambuzei seu rabo delicioso seu cuzinho estava piscando me convidando ai fui enfiando lentamente até a cabeça passar, delicia sentir suas pregas me apertando o cacete eu tirava e metia lentamente provocando-a. Quando percebi meus culhões já batiam em sua bunda não tinha mais nada para entrar eu já estava todo alojado na caverna do prazer.
Ela gemia feito uma puta sentei no sofá com ela no colo ai eu socava de baixo para cima ela rebolava, ai acabei gozando ali mesmo dentro do rabo dela.
Quando ela levantou tirou a camisinha e me deu uma chupada tão gostosa daquelas de deixar qualquer macho louco de tesão.
Quando  nos  levantamos eu fui me lavar  ela acabou indo comigo até o banheiro enquanto ela se banhava conversávamos ai eu disse que precisava ir afinal né sou casado, ai pedi como despedida uma chupeta  ai ela estava no chuveiro se inclinou para me chupar eu alisando seus seios pescoço e bunda uma delícia de putinha safada feita para fazer um macho feliz na trepada gostosa ai fiquei teso pedi que virasse de costas com as mãos apoiadas na parede ai fui empurrando o cacete que entrou de vez escorregando como quiabo. Segurei em seus quadris e soquei por alguns minutos fazendo ela gozar, foi ai que não aguentei e gozei enchendo a buceta dela de muita porra. Ai vesti minha roupa ela foi até a garagem para ver se tinha gente na rua, mas estava chovendo um pouco não tinha ninguém eu sai e fui para minha casa.
Entrei assim meio cambaleando como se tivesse bebido para minha esposa acreditar que estava no bar com os amigos. No dia seguinte recebi uma mensagem dizendo que tinha gostado e queria repetir a dose outro dia.
É claro que teria muitas doses em muitos momentos. No segundo encontro nosso ela foi até perto do meu trabalho ai fomos até um motel foi ai que depois de gozar gostoso na boca dela eu falei que jamais tinha recebido boquete tão gostoso como o dela.
Ela riu e disse que adora chupar, ai pensei e eu adoro ser chupado e gozar na boquinha. Acredito que agora vou ficar com uma amante permanente. Agora os dias que minha esposa tem aula na faculdade não me sinto mais sozinho afinal tenho minha   sobrinha filha da minha cunhadinha para me servir e fazer companhia.


Docecomomel(hgata)
Feira de Santana,20 de junho de 2017

Bahia Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...